Seu mundo cabe bom humor, fé, força e alegria. Doença, não.


Esta é a história de mais uma mulher que sofreu com o câncer de mama e entrou para as estatísticas de casos, mas, fico muito feliz em dizer que não aumentou o número de mortes por essa doença que acomete cerca de 66 mil mulheres brasileiras por ano. O caso não foi fatal pelo diagnóstico a tempo, consequência do autoexame periódico feito por ela. Pouco tempo depois de se levantar após o incêndio fatal na própria casa, episódio que levou seu marido e filha, ela se depara com essa outra notícia de abrir o chão: o nódulo de sua mama era um câncer, que precisava ser removido já. Mais uma vez, a família estava a postos, com carinho, amor e força para ela, embora, muitas vezes, era ela quem confortava e direcionava a todos em volta para pensamentos otimistas. Essa foi mais uma luta que ela venceu munida de sua fé inabalável, do amor que cativa dentro do seu mundo, que cultiva com muito bom humor e um jeito de ver as coisas de maneira espirituosa, e de muita, mas muita garra e disposição em viver.


Posts Recentes
Arquivo

© 2016 Todos os direitos reservados. Criado por Agência Zíper.