UMA OPORTUNIDADE PARA OS COMUNICADORES - AS BASES FUNDAMENTAIS – Parte 03/04


AS BASES FUNDAMENTAIS

Vimos anteriormente que temos a oportunidade de reverter a situação em que a Comunicação se encontra, mas só conseguimos se nos adequarmos a esse novo mundo que nos rodeia. (Está perdido? Confira as primeiras postagens dessa série: post 01, post 02). A mudança começa dentro de nós mesmos. Uma delas é compreender que nos tornamos mais necessários do que sempre fomos. E que devemos nos preparar para conquistar o terreno perdido. Não será um trabalho fácil, mas existem caminhos que podem nos ajudar a realizá-lo.

Precisamos premissas básicas para poder estruturar uma comunicação estratégica e um plano de ação para implementá-la. São elas:

Propósito – Por que a empresa/organização faz o que faz? Qual o objetivo final de todo o trabalho realizado por seus empregados/funcionários? De quais valores a empresa/organização não abre mão? Uma definição como essa serve como um “guarda-chuva institucional” que deve guiar a estratégia e o plano de ação. Normalmente, o propósito, quando bem definido e entendido por todos, traduz uma mensagem-chave à qual podemos recorrer sempre que tivermos que tomar decisões simples ou, especialmente, as mais complexas. Se o propósito não estiver bem definido, a Comunicação pode ajudar a determiná-lo.

Estratégia da empresa/organização - Se quisermos ser mais estratégicos, devemos começar por entender o que é estratégia. Empresas e organizações, de maneira mais ou menos clara para si mesmas (para seus sócios/proprietários ou organizações controladoras), movem-se na busca de metas e objetivos ditados pela visão de desenvolvimento econômico ou organizativo da administração, por determinação institucional ou por políticas de governo. Compreender essa visão de “onde se quer chegar” é a compreensão dessa estratégia. E, como no caso do propósito, caso a formulação estratégica não estiver clara, a Comunicação pode ajudar nessa tarefa.

Produtos e serviços – Quais são, para quem são dirigidos, quais diferenciais de produção, de uso ou aplicação possuem, quais são as alternativas existentes no mercado e, principalmente, quais necessidades dos clientes eles atendem? Boas definições acerca desses pontos ajudam a construir uma linha de comunicação mais clara e precisa acerca do que a empresa/organização oferece ao mercado e ao consumidor/cidadão.

Stakeholders e personas – Com quem falamos? Acionistas, controladores, público interno, clientes, fornecedores, comunidade, governo, instituições reguladoras, órgãos fiscalizadores, associações de classe e sindicatos, imprensa, outros? Quais são os prioritários em termos de comunicação? Com quem falamos primeiro? E depois, do ponto de vista de comunicação pública, quem são as “personas” típicas com quem conversamos? Quais são seus hábitos, atitudes, anseios, receios, necessidades? Definições como essas ajudam a priorizar informações e modular a linguagem da comunicação. E a determinar quais são os canais mais apropriados para essa comunicação.

Calendário de ações – Lançamentos de produtos ou serviços, implantação de projetos internos ou externos, feiras e eventos setoriais, datas institucionais ou profissionais... Construir e manter um calendário com momentos como esses permitem à Comunicação a otimização de um plano de ação e conferem à área a antecipação necessária para o planejamento adequado das ações de comunicação.

Atributos de marca; clima interno; visão de futuro de curto, médio e longo prazo; jornada ou pontos de contato com os clientes/usuários. Essas são outras informações e conceitos que, juntos às premissas citadas acima, compõem elementos bastante consistentes que permitirão, à área de Comunicação, contribuir para as discussões da formulação da estratégia da empresa, bem como para a Estratégia de Comunicação e para o plano de ação para sua implantação.

Já tendo as bases, o caminho a seguir fica mais fácil de ser traçado. Quais são os passos? Não perca a nossa próxima e última postagem da série “UMA OPORTUNIDADE PARA OS COMUNICADORES” para saber quais são os primeiros passos a serem tomados.


Posts Recentes
Arquivo

© 2016 Todos os direitos reservados. Criado por Agência Zíper.